Quantcast
Portos

Portos de Sines e Leixões reforçam medidas de cibersegurança

Porto de Sines

Os portos de Sines e Leixões viram ser-lhes aprovada a candidatura no âmbito da 2020 CEF Telecom Cybersecurity Call no valor de 655 mil Euros, projeto que, segundo comunicado, visa melhorar o comportamento dos dois portos em termos de cibersegurança.

“ O Projeto MÉTIS prevê o desenvolvimento de uma série de ações no âmbito da cibersegurança, com o objetivo de melhorar o awareness e a resiliência a ciberataques, preservando, desta forma, duas infraestruturas críticas para o sistema portuário nacional”, explica-se em documento enviado às redações.

Os dois portos lusos têm agora um prazo de execução do projeto para três anos, sendo que este “tem por objetivo implementar uma abordagem holística que começará por avaliar a situação atual, promovendo o intercâmbio de conhecimento entre as duas Autoridades Portuárias e demais stakeholders, por forma a desenvolver uma estratégia concertada no âmbito da cibersegurança”.

A par disto, o projeto prevê também “a definição e implementação de um plano de prevenção e mitigação de incidentes que será alvo de uma contínua monitorização e acompanhamento”, isto num momento em que estes dois portos representam “mais de 70% do total movimentando nos portos nacionais, contribuindo para o reforço da resiliência destas infraestruturas, alargando o âmbito às respetivas Comunidades Portuárias e ao longo das Cadeias Logísticas que servem”.