Quantcast
Supply Chain 4.0

Portugueses criam etiqueta que armazena energia e permite acompanhar mercadorias

A CeNTI e a Viatel anunciaram durante os últimos dias ter criado uma etiqueta inovadora que promete revolucionar o segmento de transporte de mercadorias.

Segundo o explicado em comunicado, a nova etiqueta, apelidada de TAG-RFID, “vai permitir monitorizar, em tempo real, a localização e o estado de uma mercadoria e equipamentos, para garantir que a mesma mantém a qualidade durante o seu transporte”.

 

Ainda de acordo com o explicado, os dados recolhidos através da etiqueta, que terá ainda capacidade de armazenamento de energia, serão transmitidos para uma App única que permite aos utilizadores analisar toda a informação associada ao produto.

Esta inovação, cujo lançamento está previsto em 2022, resulta da investigação do CeNTI, instituto de I&DT de referência em Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes, e da Viatel, empresa portuguesa líder no setor da Engenharia de Redes de Telecomunicações.

“Apesar de existirem no mercado etiquetas RFID, esta solução é inovadora e diferenciadora pelo facto de integrar sistemas de sensorização que permitem monitorizar, na mercadoria, parâmetros como a temperatura e humidade. Além disso, não se trata de uma etiqueta passiva, mas sim, ativa, devido à sua capacidade para armazenar energia, e adquirir informação mesmo quando não está sobre o campo de ação da antena”, refere Juliana Soares, uma das investigadoras do Projeto, por parte do CeNTI. “A etiqueta tem incorporados novos sistemas de armazenamento de energia compatíveis com a alimentação sem fios. Além disso, pretende-se que esta etiqueta tenha maior autonomia em termos de tempo de utilização”, acrescenta.