Logística

Rangel investe 12 milhões de euros na operação logística da unidade pharma

Rangel investe 12 milhões de euros na operação logística da unidade pharma

Nas comemorações dos 10 anos da unidade pharma, Nuno Rangel, CEO da Rangel Logistics Solutions, anunciou o investimento de 12 milhões de euros na operação logística da unidade pharma, com o objetivo de quase duplicar a capacidade de armazenagem para 33,500 m2, e criar mais 130 postos de trabalho até 2025.

“Temos um plano de investimento para os próximos cinco anos, que será desenvolvido em duas fases de crescimento de infraestrutura, para um total de mais 15 mil metros quadrados de área de armazém”, revelou Nuno Rangel.

Durante as comemorações ficou claro que do investimento de 12 milhões de euros, nove milhões serão para infraestrutura, com quase a duplicação da capacidade dos armazéns pharma em Portugal para cerca de 33.500 metros quadrados, e mais três milhões em equipamentos, tecnologia e inovação.

Nuno Rangel teve oportunidade de revelar que, em 2019, a companhia expediu mais e 112 milhões de unidades a partir dos armazéns pharma, representando 28 mil toneladas de medicamentos e produtos farmacêuticos entregues em Portugal.

“Estes números são o reflexo daquele que foi o nosso propósito em 2009, aquando da criação desta unidade, quando aceitámos o desafio de um parceiro chave, a Roche”, admitiu o responsável da companhia. Nuno Rangel adiantou ainda que, “aplicamo-nos com tudo o que tínhamos e podíamos, fomos visionários, arriscámos, trabalhámos arduamente, persistimos e hoje, somos uma referência como operador logístico farmacêutico em Portugal, reconhecidos pela inovação, qualidade, transparência e trabalho de equipa com todos os nossos clientes e parceiros”.

Nuno Ramalho, Country Manager Portugal, da área Contract Logistics da Rangel, reforçou, por sua vez, “a necessidade de tornar reais conceitos como o blockchain”, enquanto Andreas Olpete, vice-president Sales & Business Development Healthcare da Arvato Supply Chain Solutions, parceiro internacional da unidade pharma da Rangel, salientou o papel da digitalização nos modelos dos novos negócios da distribuição farmacêutica.

No que diz respeito à globalidade do negócio, a Rangel Logistics Solutions e apontando para a continuidade de expansão para outros países em 2020, a companhia estima atingir um volume de faturação de 190 milhões de euros, em 2019, totalizando uma área logística na ordem dos 312.500 m2.