Quantcast
Supply Chain

Smurfit Kappa reduziu as suas emissões de CO2 em 7% no ano passado

A Smurfit Kappa, empresa do setor das embalagens de papel e cartão canelado, reduziu em 7% as suas emissões de CO2 no ano passado.

A Smurfit Kappa, empresa do setor das embalagens de papel e cartão canelado, reduziu em 7% as suas emissões de CO2 no ano passado, tal como indica na 14.ª edição do seu Relatório de Desenvolvimento Sustentável (“RDS”). Este ano, pela primeira vez, o relatório segue as recomendações do Grupo de Trabalho sobre a Divulgação Financeira relacionada com o Clima (TCFD) e reúne os critérios do Conselho de Normas de Contabilidade da Sustentabilidade (SASB).

Em comunicado, a Smurfit Kappa revela que os resultados do novo relatório indicam que a empresa atingiu uma redução de 37,3% nas emissões de CO2 entre 2005 e 2020. Recorde-se que a empresa definiu como meta a redução em 55% até 2030, em linha com os objetivos do Pacto Verde Europeu.

A empresa atingiu também as seguintes marcas no ano passado:

  • Melhoria de 5% na qualidade das suas descargas para a água;
  • Redução de 18% da intensidade dos resíduos enviados para aterros;
  • Aumento de 2% no número de embalagens com certificado de Cadeia de Custódia entregues aos clientes;
  • Melhoria de 29% nas suas medidas de segurança;
  • Doação de 7,7 milhões de euros a projetos sociais, entre eles 3 milhões destinados a aliviar os efeitos da pandemia da COVID-19 durante 2020.

O CEO do Grupo Smurfit Kappa, Tony Smurfit, declarou que “durante a pandemia, a importância da sustentabilidade tornou-se ainda mais evidente. (…) A economia circular e a gestão sustentável das florestas são os pilares dos nossos princípios comerciais e enfrentam diretamente as preocupações lógicas dos nossos clientes e do público em geral”.

Além disso, a empresa criou uma linha de crédito renovável relacionada com a sustentabilidade, com a introdução de indicadores chave de desempenho (KPI) na sua atual linha de crédito renovável de 1350 milhões de euros.