Quantcast
Supply Chain

Transportes e Logística foi onde mais se demorou a pagar faturas

ID_Logistics_Fabricas_Lusitana

Um estudo da Intrum, denominado EPR: European Payment Report 2021, revelou quais os setores económicos a nível nacional e internacional que mais demoraram a pagar as suas faturas em contexto de pandemia.

Em comunicado, a Intrum explica que “o setor dos Transportes e Logística, entre os 11 analisados, revela-se como aquele que mais se atrasa a pagar as suas faturas, com um total de 78 dias, mais 12 dias do que em 2020”.

Porém, também noutros setores se verificou a mesma tendência de ‘demora’. “Segue-se a Indústria da Energia, extração mineira e utilities com um total de 66 dias, mais 10 dias do que em 2020 e o setor da Tecnologia, Comunicação Social e Telecomunicações com um total de 60 dias, mais 6 dias face a 2020.”

No lado oposto do espectro, o setor que demora menos tempo a pagar as suas faturas diz respeito aos Bancos, Serviços Financeiros e Seguros, com um total de 32 dias em 2021 , menos um dia do que em 2020.

Noutro prisma do estudo, avaliou-se igualmente qual o conjunto de indústrias onde as margens de lucro foram mais afetadas, concluindo-se que o setor menos afetado foi, preccisamente, o d dos Transportes e Logística, registando uma percentagem de apenas 5%.