UPS escolhe Shenzhen para o novo centro de operações aéreo

A UPS está a mudar o seu centro de operações aéreo para Shenzhen, no sul da China.

A UPS está a mudar o seu centro de operações aéreo intra-Ásia das Filipinas para Shenzhen, no sul da China, perto de Hong Kong.

 

Com este reposicionamento, a UPS esperar cortar pelo menos um dia no tempo de transporte das encomendas para os clientes na Ásia.

 

O centro de operações aéreo de Shenzhen, que irá estar operacional em 2010 e representa um investimento estimativo de 180 milhões de dólares, terá 89.000 m2 e irá incluir uma unidade de desalfandegamento expresso, centros de distribuição, manuseamento de carga e áreas de preparação de carga, e operações de manuseamento na rampa. Será capaz de processar inicialmente até 18.000 encomendas por hora – comparado com as 7.500 encomendas por hora nas Filipinas – mas pode ser facilmente expandido para uma capacidade de 36.000 encomendas por hora. O centro empregará cerca de 400 pessoas.

 

A UPS adicionou também cinco voos semanais de e para Nagoya para melhorar o serviço aos clientes da região de Chubu no Japão, um enorme pólo industrial.

 

Actualmente os mercados da China, Coreia, Hong Kong, Japão e Taiwan valem mais de metade do volume total de encomendas da UPS processadas na Ásia. Desta metade, uma percentagem considerável do volume de expor