Volkswagen quebra barreira em comerciais

Pela primeira vez na história da marca, a Volkswagen Veículos Comerciais vendeu mais de meio milhão de viaturas em 2008. Um crescimento de 2,9 %, resultado das entregas de 503.025 unidades.

Pela primeira vez na história da marca, a Volkswagen Veículos Comerciais vendeu mais de meio milhão de viaturas em 2008. Um crescimento de 2,9 %, resultado das entregas de 503.025 unidades.

Stephan Schaller, CEO da Volkswagen Veículos Comerciais afirmou que «apesar da dificílima conjuntura económica no 2° semestre do ano passado, conseguimos atingir o nosso mais elevado patamar de vendas na história da empresa».

A família T5 (Transporter/Caravelle/Multivan/Califórnia), foi a mais vendida na marca (178 mil unidades). Já a Caddy atingiu as 151.570 unidades, enquanto que  a Crafter chegou às 51.100 unidades. Os modelos Saveiro e Kombi (a tão famosa Pão de forma T2), produzidos no Brasil, aumentaram as suas vendas para 67.270 unidades. No que diz respeito aos camiões foram entregues 45.780, enquanto que os autocarros entregues atingiram as 9.280 unidades.

Este aumento mundial deveu-se, em parte, ao crescimentos dos mercados europeu e sul-americano. Na Europa foram entregues 332.372 comerciais ligeiros, o que representou um aumento de 1,1 % em relação ao ano de 2007. Já na América do Sul as entregas cresceram 18,6 % para 119.100 comerciais. O principal mercado – o Brasil – absorveu 105.620 viaturas, num crescimento de 23,7%.

Em Portugal a Volkswagen Veículos Comerciais bateu novo recorde de vendas, atingindo 7,5 % de quota no mercado de veículos comerciais (sem derivados de passageiros).