Volume de vendas da Luís Simões cresce 6%

O volume de vendas consolidado da Luís Simões ascendeu a 158 milhões de euros em 2006. Um crescimento de 6%, face a 2005.

O volume de vendas consolidado da Luís Simões (LS) ascendeu a 158 milhões de euros em 2006, o que representa um crescimento de 6%, face ao ano anterior. O resultado líquido consolidado subiu para os 3.348 mil euros e o cash-flow cresceu 21%, para os 13.820 mil euros.

Em 2006, o investimento de 14,8 milhões de euros foi prioritário para o reforço da rede de distribuição logística e a LS conseguiu marcar posição entre os primeiros operadores da Península Ibérica. A comercialização de serviços e produtos à escala ibérica aumentou, com destaque para o crescimento de 22% na área da logística.

«Para estarmos na Península Ibérica, assumimos a logística e o transporte como um serviço integrado. O trabalho complementar que temos feito no backoffice é a contínua implementação de sistemas informáticos e o aumento da capacidade de armazenagem das plataformas regionais, que nos está a apoiar na consolidação no mercado espanhol», afirma José Luís Simões, presidente executivo da LS.

Mensalmente, a empresa ainda monitoriza o consumo de gasóleo. O objectivo para 2007 passa por conseguir reduzir a média de consumo global em 0,5L por cada 100km. Em 2006, a LS diminuiu os quilómetros em vazio para 10% no serviço nacional, 8% no mercado ibérico e 4% além-Pirinéus.