Agentes marítimo-portuários reúnem-se para conhecerem apoios comunitários

Mais de duas centenas de agentes do sector marítimo-portuário de toda a Europa vão estar reunidos em Lisboa, no âmbito do Programa “Marco Polo II”.

Mais de duas centenas de agentes do sector marítimo-portuário de toda a Europa vão estar reunidos em Lisboa, nos próximos dias 4 e 5 de Dezembro. O principal objectivo da conferência é analisar e divulgar os incentivos que a União Europeia se propõe facultar a este sector, no âmbito do Programa “Marco Polo II”.

Este programa é um instrumento comunitário de apoio a projectos que constituam alternativa ao transporte rodoviário de mercadorias, permitindo assim reduzir o crescente congestionamento do trânsito e o respectivo impacto ambiental nas estradas europeias.

Numa promoção conjunta da Associação Portuguesa de Transporte Marítimo de Curta Distância (APTMCD) e da direcção-geral de Transportes e Energia da União Europeia (DGTREN), esta conferência “Marco Polo II” contará, em princípio, com a presença, na sua sessão de abertura, no Hotel Opera Vila Galé, de Ana Paula Vitorino, Secretária de Estado dos Transportes, e Jean Trestour, responsável da DGTREN.

O Programa Marco Polo, criado em 2003, conta com um orçamento que ronda os €57 milhões para esta sua II fase, acolhendo em 2008 propostas de agentes do sector marítimo-portuário que pretendam aumentar a sua capacidade de resposta no transporte de mercadorias, contribuindo assim para a concretização dos objectivos estabelecidos no Livro Branco sobre Transportes da DGTREN.