Transportes

ANTRAM reúne com o IMT esta semana

A Associação Navional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadoria (ANTRAM) e a Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (FECTRANS) assinaram hoje, 8 de Agosto, um novo contrato coletivo de trabalho para motoristas de transportes pesados de mercadorias. Há 20 anos que não era assinado um contrato coletivo de trabalho, que irá afectar diretamente 50 mil trabalhadores.

Depois de ter criticado o “mau funcionamento” do Instituto de Mobilidade e Transportes (IMT) e ameaçado com uma “paralisação total” do setor, a Associação Nacional de Transportes Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM) será esta semana ouvida pelo IMT, numa reunião agendada para 10 de maio.

De acordo com a associação, o objetivo deste encontro é procurar soluções que permitam ultrapassar os vários problemas que têm vindo a ser reportados pela ANTRAM. De acordo com a ANTRAM, a Associação Nacional das Transportadoras Portuguesas também foi convidada a marca presença, “tendo em conta, sempre, o interesse do sector”.

A ANTRAM diz ainda que espera que desta reunião “saiam medidas concretas, com implementação imediata, por forma a alterar radicalmente a atual situação, que não é, de todo, benéfica para o sector”.