Portos

Autoeuropa recorre ao Porto de Leixões para escoar produção

Autoeuropa recorre ao Porto de Leixões para escoar produção

O porto de Leixões iniciou esta semana a receção de 700 automóveis provenientes da fábrica da Autoeuropa, em Palmela, uma medida da unidade de produção da Volkswagen para contornar os constrangimentos causados pela greve dos estivadores no Porto de Setúbal.

Numa nota enviada às redações, a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) manifesta “satisfação pela confiança depositada pela Autoeuropa na infraestrutura e nos operadores portuários.”

De acordo com a APDL, a infraestrutura estará até ao final de 2018 capacitada para parquear 5000 automóveis.

“Este novo serviço será uma mais valia para Leixões e para o país, que verá reforçada a sua capacidade exportadora, como para a Autoeuropa, que encontra no nosso porto uma opção eficiente para escoar os seus automóveis”, refere ainda a administração portuária.

O Porto de Leixões é um dos principais portos nacionais em movimentação de carga roll-on/roll-off, um serviço necessário à movimentação de veículos na área portuária. Em 2017, este segmento de carga cresceu 18% no Porto Leixões, com um movimento de um milhão de toneladas de mercadoria movimentadas.