Mobilidade

BMW, Daimler e Volkswagen suspeitas de cartel na tecnologia de emissões de automóveis

BMW, Daimler e Volkswagen suspeitas de cartel na tecnologia de emissões de automóveis

A Comissão Europeia suspeita que os grupos BMW, Daimler e Volkswagen tenham formado cartel no desenvolvimento e venda de tecnologia de redução de emissões poluentes nos automóveis. As empresas estão em risco de ter que pagar uma multa de cerca de 50 mil milhões de euros.

Margrethe Vestager, Responsável pela Política de Concorrência da Comissão Europeia, revela que “a Comissão está a investigar se a BMW, a Daimler e a VW concordaram em não competir entre si no desenvolvimento e implantação de sistemas importantes para reduzir as emissões nocivas dos automóveis de passageiros a gasolina e gasóleo.”

Em causa estão as tecnologias que têm como objetivo reduzir o impacto ambiental dos carros e aprovar-se a acusação, os fabricantes automóveis terão “negado aos consumidores a oportunidade de comprar carros menos poluentes, embora os fabricantes tenham a tecnologia disponível”, refere a comissária.

No final de 2017, a Comissão Europeia realizou inspeções nas instalações da BMW, da Daimler, da Volkswagen e da Audi, na Alemanha, para determinar eventuais ‘acordos’ no desenvolvimento tecnológico de veículos de passageiros.