Quantcast
Transportes

Componentes de células de combustível da Bosch vão ser usadas pela cellcentric

A Bosch assinou um contrato com a cellcentric, para fornecer compressores de ar elétricos com eletrónica de potência integrada.

A Bosch assinou um contrato de longo prazo com a cellcentric, para fornecer compressores de ar elétricos com eletrónica de potência integrada. Esses compressores conduzem o fornecimento de oxigénio do sistema de célula de combustível.

A cellcentric é uma joint venture entre a Daimler Truck AG e o Volvo Group AB que pretende tornar-se um fabricante líder global de sistemas de células de combustível. O compressor de ar fará parte do sistema de célula de combustível da cellcentric que será utilizado em veículos pesados e em aplicações estacionárias no futuro. A produção em grande escala deve começar em meados da próxima década.

“A Bosch está a dedicar um grande esforço ao desenvolvimento desse componente. Por exemplo, temos 15 equipas de várias divisões a trabalhar para comercializar o compressor de ar elétrico”, disse o presidente da divisão Bosch Powertrain Solutions, Uwe Gackstatter.

A Bosch disponibiliza o compressor de ar em duas classes de potência – 20 e 30 quilowatts. A classe de 30 quilowatts é classificada para voltagens de 450 a 850 volts, enquanto a classe de 20 quilowatts é classificada para 250–450 volts ou 450–850 volts.

De 2021 a 2024, a empresa prevê investir cerca de 600 milhões de euros em aplicações de células a combustível móveis e mais 400 milhões de euros em aplicações fixas para gerar eletricidade e calor.