Logística

DGRM e Ordem dos Despachantes Oficiais estudam oportunidades da digitalização

DGRM e Ordem dos Despachantes Oficiais estudam oportunidades da digitalização

A Direção Geral de Recursos Naturais, Segurança e Serviços Marítimos (DGRM) e os representantes da Ordem dos Despachantes Oficiais estão a estudar as oportunidades que a digitalização proporciona para a melhoria dos procedimentos e desenvolvimento de novos métodos de trabalho.

Desde logo, a plena integração dos Despachantes Oficiais na nova Janela Única Logística (JUL) ao longo de toda a cadeia de transporte, foi um dos principais temas em debate na reunião realizada recentemente, tendo sido possível acordar os objetivos para o desenho e implementação das novas funcionalidades em suporte digital. “O papel desempenhado pelos Despachantes Oficiais é essencial para a celeridade na introdução no território das mercadorias oriundas de países terceiros, bem como nas exportações de bens”, refere a DGRM, em comunicado.

Também a área das pescas requer uma forte relação entre a DGRM e os Despachantes Oficiais, nomeadamente no que respeita à importação/exportação de pescado de e para países terceiros, quer por via marítima em contentores refrigerados, quer por rodovia e transporte aéreo.

A articulação de procedimentos com os Postos de Inspeção Fronteiriça e as Alfandegas são um aspeto da maior importância na atuação dos Despachantes Oficiais, existindo nesta área enormes oportunidades de simplificação de procedimentos e interoperabilidade entre os sistemas das várias entidades.