Mobilidade

EDP investe em rede de carregamentos elétricos para frotas empresariais

EDP investe em rede de carregamentos elétricos para frotas empresariais

A EDP anunciou na passada semana que irá criar, em parceria com a Efacec, uma rede de postos de carregamento elétrico para frotas empresariais.

De acordo com a empresa, trata-se de um projeto piloto que será instalado junto ao Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT) e que, numa primeira fase, contará com dois pontos de carregadores rápidos.  A longo prazo, o objetivo passa por alargar a iniciativa a novas localizações.

Para Vera Pinto Pereira, administradora da EDP, este investimento “representa um importante passo na estratégia do grupo para a área da mobilidade e dá uma resposta clara às necessidades crescentes de consumo e aos desafios que se impõem atualmente às cidades em matéria de urbanismo”.

“A descarbonização é um dos maiores desafios que o mundo enfrenta e só um esforço coletivo tornará esse objetivo possível. A EDP tem estado empenhada em dar o seu contributo, através da forte aposta em energias renováveis e na eletrificação do consumo. O futuro da mobilidade será elétrico, autónomo e partilhado e o grupo quer estar no centro desta revolução com soluções que respondam a necessidades concretas”, conclui.

Ângelo Ramalho, CEO da Efacec, acrescenta que “esta parceria com a EDP, que inclui vários projetos na área de mobilidade elétrica, que vão desde a tecnologia de carregamento a sistemas de gestão integrada da rede de carregadores e interface à rede elétrica, representa mais um passo no percurso de sucesso assente em inovação e sustentabilidade. Estamos focados no desenvolvimento de soluções que otimizem e maximizem a integração tecnológica e de sistemas, criando maior conveniência e poupança para o consumidor final.”

O secretário de Estado do Ambiente, José Gomes Mendes, anunciou na passada semana que os carregamentos rápidos de veículos elétricos na rede pública Mobi-E passam a ser pagos já no próximo dia 1 de novembro, uma medida que tem vindo a ser adiada há vários meses.