Quantcast
Carga Áerea

Emirates SkyCargo cria hub para distribuição de vacinas

Emirates centro covid

A Emirates SkyCargo está a reforçar a sua capacidade para lidar com as complexidades logísticas de distribuição de uma potencial vacina contra a covid-19, criando o primeiro centro de carga aéreo do mundo para o armazenamento da cadeia de frio e distribuição da vacina, no Dubai.

Em comunicado enviado às redações, a transportadora de carga aérea adianta que vai ter “uma equipa dedicada à coordenação das solicitações dos vários parceiros envolvidos no ecossistema de distribuição internacional de vacinas”, de forma a responder eficazmente às solicitações de transporte.

HH Sheikh Ahmed bin Saeed Al Maktoum, presidente e chefe-executivo da Emirates, refere, em comunicado, que “o Dubai está bem posicionado para servir como porta de entrada e centro de distribuição de vacinas contra a covid-19 para o resto do mundo”, uma vez que existem “ligações de infraestrutura e logística e uma localização geográfica que coloca os mercados que representam mais de dois terços da população mundial num raio de voo de 8 horas”.

O responsável adianta ainda que a criação de um hub com este propósito “é um projeto fundamental que aproveita a nossa rede, alcance e competências para contribuir positivamente na vida das pessoas em todo o mundo”.

O centro de vacinas da Emirates SkyCargo no Dubai deverá ser a maior instalação airside do mundo, capaz de transportar, armazenar e preparar remessas para distribuição regional e global. No total, estima-se que as instalações possam conter cerca de 10 milhões de frascos de vacina, numa faixa de temperatura de 2 a 8 graus Celsius.