Transportes

Exportações de componentes automóveis crescem 10,2% nos primeiros cinco meses do ano

As exportações de componentes automóveis cresceram 10,2% nos primeiros cinco meses deste ano. De acordo com a AFIA – Associação de Fabricantes para a Indústria Automóvel, o setor de componentes automóveis exportou um total de 3076 milhões de euros no período em análise, o “equivalente a 15,1% do total das exportações de Portugal”.

“A indústria de componentes para automóveis é um dos setores mais importantes para o crescimento da economia e para as exportações portuguesas, tendo vindo a demonstrar um excelente desempenho, resultante de ganhos de competitividade do país nos últimos anos e da constante melhoria desenvolvida pelas empresas”, refere a AFIA numa nota enviada às redações.

Segundo os dados agora divulgados pela associação, o fabrico de componentes para automóveis é transversal a toda a indústria transformadora, abrangendo empresas das áreas da metalúrgica e metalomecânica, elétrica e eletrónica, químicos, plásticos, borracha, vidro, e têxtil.

“As empresas do setor continuarão o seu passo de crescente penetração no mercado, essencialmente europeu, sendo imprescindível que as empresas, o governo e a sociedade no seu todo contribuam para a contínua melhoria dos fatores de competitividade”, conclui a AFIA.