Transportes

Glovo realiza alterações para assegurar mínimo contacto possível

Glovo chega a Póvoa do Varzim e Viana do Castelo

Por forma a implementar todas as orientações em termos de saúde, segurança e bem-estar dos utilizadores, estafetas, parceiros e funcionários, a Glovo tem vindo a manter contacto regular com associações, autoridades sanitárias e restaurantes.

Assim, para garantir a máxima segurança, foram realizadas alterações na plataforma, eliminando a assinatura no recebimento de um pedido entre o utilizador e o estafeta para evitar o contato. A empresa recomenda também pagamentos com cartão para minimizar o contacto.

Aquando da entrega do pedido, os estafetas são solicitados a deixá-lo na porta da casa do utilizador e manter a distância até que o pedido seja recolhido.

A Glovo também estabeleceu medidas de higiene, como a desinfeção dos sacos antes da sua entrega aos estafetas. Os parceiros também evitarão tocar na alça dos sacos, recolhendo-os pelas laterais.

Quanto aos estafetas, a Glovo passa a garantir suporte financeiro a qualquer estafeta que venha a ser diagnosticado com COVID-19, durante o tempo que durar a quarentena. A Glovo transmitiu uma série de recomendações aos estafetas, nomeadamente para que usem máscaras e luvas, aumentando os cuidados durante o desenvolvimento da atividade.

Foi criado também criado um canal de comunicação adicional para os estafetas, monitorizado 24 horas por dia para responder a questões relacionadas com o COVID-19.