Quantcast
Supply Chain

Jungheinrich escolhida para automatizar abastecimento de produção na Audi Hungaria

A Jungheinrich foi escolhida para automatizar o abastecimento de materiais para a produção de motores da Audi, em Györ, na Hungria.

A Jungheinrich foi escolhida para automatizar o abastecimento de materiais para a produção de motores da Audi, em Györ, na Hungria. Em comunicado, a empresa revela que, para esta finalidade, estão a ser utilizados seis reboques sem condutor EZS 350a.

Numa rota com 1.000 metros, os reboques automatizados fazem um total de 57 paragens, em diferentes áreas da produção – 50 delas ao longo da linha de montagem. A cada viagem, um EZS 350a pode transportar até 5.000 kg de peças diferentes para a montagem de motores. Para este propósito estão a ser usados diferentes modelos de reboque que são carregados manualmente com cargas completas em três estações.

“A Audi Hungaria é a maior unidade de produção de acionamentos do mundo e o fornecedor central de muitas marcas do Grupo Volkswagen. É por isso que somos obrigados a usar as tecnologias mais recentes e estamos constantemente a trabalhar em melhorias de eficiência e otimização de processos. Aqui, promovemos tanto a produção ‘inteligente’ quanto a logística ‘inteligente'”, afirma Robert Buttenhauser, Board Member for Production Drives da Audi Hungaria.

Já o gestor de projeto da Jungheinrich Logistiksysteme, John Erkenbrecher, revela que “o comissionamento da solução de automação ocorreu com as operações de produção em andamento. Isto tornou o projeto complexo”. Dessa forma, a integração foi “implementada como um sistema autónomo com uma aplicação de reboque especial e um interface gráfico do utilizador para a gestão de horários. As ordens de trânsito são atribuídas através do Interface Logístico da Jungheinrich, que regista os códigos de barras dos reboques, usando scanners manuais integrados no sistema”, acrescentou.

O sistema da Jungheinrich está integrado no panorama global da Audi através da Audi Traffic Control Interface, que é usado para controlar periféricos externos, como semáforos e portões de proteção contra incêndio.  Durante o seu desenvolvimento, a Jungheinrich projetou o sistema de forma que o EZS 350a pudesse ser facilmente integrado no panorama de rede e IT existente em cada cliente.

A Audi Hungaria desenvolve e produz tecnologia de acionamento para o Audi AG e outras marcas do Grupo VW. Desde a sua fundação em 1993, já foram produzidos nesta fábrica mais de 39 milhões de motores.