Transportes

Maersk e IBM juntam-se num projeto de blockchain para o transporte marítimo

Maersk quer evitar que clientes se tornem concorrentes

A Maersk e a IBM uniram-se numa joint venture para comercializar os serviços de um sistema de blockchain para o transporte marítimo. De acordo com as empresas, a plataforma servirá para digitalizar o processo das cadeias de abastecimento, ao mesmo tempo que permite acompanhar o transporte de mercadorias internacional em tempo real.

A longo prazo, este sistema permitirá à indústria do transporte marítimo obter uma poupança anual de milhares de milhões de dólares, uma vez que substitui processos em papel que atrasam a circulação de contentores.

Para além de melhorar a segurança em todos os processos ao longo da cadeia de abastecimento, a blockchain permite obter uma visão unificada de toda a informação de transporte disponibilizada por todos os elementos da cadeia, desde fabricantes, transportadores, das autoridades portuárias e outras agências governamentais.

De acordo com dados do Fórum Económico Mundial, as comunicações eletrónicas dentro da cadeia de abastecimento poderão permitir que o comércio global cresça cerca de 15%.