Quantcast
Transportes

Peugeot arranca produção do seu primeiro veículo a hidrogénio

A Peugeot já arrancou com a produção do seu primeiro veículo a hidrogénio, e-EXPERT Hydrogen. Em comunicado, a marca afirma que se “torna, assim, num dos primeiros fabricantes a oferecer uma versão elétrica alimentada por uma pilha de combustível a hidrogénio (hydrogen full cell) no segmento dos veículos comerciais”.

“Com o e-EXPERT Hydrogen, a Peugeot está um passo à frente numa tecnologia de futuro de zero emissões, particularmente relevante no mercado dos veículos comerciais ligeiros: a tecnologia elétrica alimentada a Hidrogénio permite uma utilização diária intensiva sem a imobilização inerente aos carregamentos, no que é uma vantagem decisiva para os profissionais que, num mesmo dia, devem percorrer várias centenas de quilómetros em autoestrada, para depois entrar em zonas urbanas com restrições em termos de emissões”, declarou a CEO da marca, Linda Jackson.

 

O furgão a hidrogénio conta com a integração do sistema “mid-power plug-in hydrogen fuel cell electric” no compartimento do motor e sob o piso da carroçaria. O primeiro cliente, a quem será entregue a primeira viatura, antes das festividades de final do ano, é a Watea by Michelin, jovem subsidiária dedicada a soluções de mobilidade verde, do Grupo Michelin.

O Peugeot e-EXPERT Hydrogen tem como base o e-EXPERT alimentado a bateria. É produzido em França, nas instalações de Hordain (Nord, Hauts de France), sendo depois transformado na Alemanha, em Rüsselsheim, no centro de competências da Stellantis, dedicado à tecnologia do hidrogénio.