Mobilidade

Plataforma chinesa de bike sharing pedala até Portugal

Plataforma chinesa de bike sharing pedala até Portugal

A plataforma chinesa de bicicletas partilhadas Ofo vai iniciar atividade em Portugal, o 17º país na sua estratégia de expansão internacional. A empresa, que conta já com cerca de 200 milhões de utilizadores registados em todo o mundo, estreia-se em Cascais com 50 bicicletas.

Fundada em 2014, a Ofo assume-se como “a primeira plataforma mundial no mercado de bicicletas partilhadas sem estações fixas de estacionamento (station-free bike-sharing)”. Inspirada nos modelos de economia colaborativa, a empresa pretende tornar a mobilidade urbana “sustentável e responsável para responder aos desafios futuros que as cidades enfrentam nesta matéria.”

“Cascais é um concelho líder no país na afirmação de conceitos de mobilidade suave, inteligente e sustentável. Os nossos programas, e as nossas políticas públicas, falam por nós e são caso de estudo. A mobilidade, como parte da nossa afirmação estratégica como ‘smart city’, continuará a ser um prioridade para o mandato que agora se inicia. Nesse sentido, estamos muito satisfeitos por acolher mais um parceiro na nossa rede de mobilidade”, refere Carlos Carreiras, presidente da Câmara Municipal de Cascais.

Através da sua aplicação móvel, a Ofo oferece aos utilizadores um serviço de aluguer de bicicletas sem estações fixas de estacionamento e já conectou mais de 10 milhões de bicicletas em mais de 180 cidades em 17 países.

Plataforma chinesa de bike sharing estreia-se em Cascais

“Estamos muito entusiasmados por trazer os nossos serviços para Portugal e disponibilizar uma forma de transporte mais sustentável e conveniente para todos. Vamos trabalhar de perto com a Câmara Municipal para construir uma ‘smart city’ para os cidadãos de Cascais e, esperamos, para mais centros urbanos portugueses”, defende Zhang Yanqi, cofundador e COO da Ofo.

Em abril deste ano, a Ofo começou a colaborar com o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento para alcançar os Objetivos Globais de Sustentabilidade. Já em julho, a empresa completou uma ronda de financiamento Série E de 700 milhões de dólares, liderada pela Alibaba, a Hony Capital e a CITIC Private Equity.