Quantcast
Portos

Porto de Leixões dá passos na transição energética e introduz ‘eco-truck’

Porto de Leixões - Eco Truck

O Porto de Leixões anunciou esta segunda-feira, dia 28 de junho, ter dado mais um passo no seu projeto de descarbonização. Segundo o anunciado no seu site, o Porto introduziu um Eco-Truck, o primeiro camião elétrico a ser usado diariamente na operação portuária.

De acordo com o comunicado, “o projeto do Eco-Truck enquadra-se no âmbito do Roadmap para a Descarbonização e Transição Energética com vista à neutralidade carbónica até 2035, dando sequência ao Plano Operacional de Sustentabilidade da APDL, que alicerça um conjunto de medidas com o objetivo da redução da pegada ambiental da atividade portuária”.

Nuno Araújo, presidente da APDL, em declarações à imprensa, referiu que “hoje [segunda-feira, dia 28 de junho] não é apenas mais um dia. É um dia a menos para alcançar um futuro melhor para o Porto de Leixões, Matosinhos e Portugal. E é tempo de estarmos unidos pelo progresso e comprometidos com o futuro de todos. Com o futuro de Leixões e o futuro do planeta.”

A Presidente da Câmara de Matosinhos, Luísa Salgueiro referiu “O transporte é, em conjunto com o agroalimentar, o determinante mais decisivo nos objetivos de desenvolvimento sustentável com os quais estamos comprometidos. Não é sequer compaginável diminuir emissões de carbono sem uma profunda alteração do modelo de logística, ainda assente em transporte altamente intensivo em combustíveis fósseis, revestindo-se esta ação do Roteiro de Descarbonização da APDL de particular simbolismo para a comunidade.