Portos

Porto de Leixões movimenta 9,5milhões de toneladas de mercadoria no primeiro semestre

Movimento de mercadorias no Porto de Viana do Castelo cresce 16%

De janeiro a junho de 2019, transitaram no Porto de Leixões 9,5 milhões de toneladas de mercadoria. Com as exportações a registarem um aumento de 14,4% relativamente ao período homólogo, as cargas roll-on/roll-off, fracionada e contentorizada destacaram-se em larga escala. A carga roll-on/roll-off, que embarca e desembarca em cima de rodas, aumentou 18,3%, já a fracionada registou um incremento de 16,6% e, por fim, a mercadoria contentorizada cresceu 8,4%.

O número de contentores embarcados em Leixões também subiu (9,95%) e os TEUs (medida padrão para calcular o volume de um contentor) registaram um aumento de 9,64%.

Os granéis sólidos assinalaram também um ligeiro aumento de1,4% face aos primeiros seis meses de 2018. Já os navios que transitaram em Leixões destacaram-se pela arqueação bruta (GT) cada vez maior, comprovando a tendência de aumento do tamanho das embarcações. Neste caso, a evolução foi de 4,9%, um valor máximo para o período.

O Porto de Leixões é, efetivamente, uma infraestrutura em crescimento, pelo que é fundamental adaptar-se às exigências do mercado” afirma a Administração dos Portos, Leixões e Viana do Castelo (APDL).

Os Produtos Refinados, Ferro e Aço, Papel e Cartão e a Pedra foram as mercadorias que mais pesaram nos valores registados no total da carga exportada e o Petróleo em Bruto, a Estilha, as Matérias Plásticas e a Sucata lideraram as importações no primeiro semestre.