Portos

Porto de Lisboa afirma-se no mercado das bancas

Porto de Lisboa afirma-se no mercado das bancas

Pela primeira vez no Porto de Lisboa, aconteceram três abastecimentos em simultâneo a navios: Maria, Hercules 500 e Angelina The Great N, entre o Terminal de Granéis Alimentares de Palença e o Terminal de Líquidos da Banática (fundeadouro do quadro central do Porto de Lisboa).

A escala técnica de entrada de navios em porto para abastecimento de combustíveis, habitualmente designado como “Bancas”, tem registado um crescimento exponencial, desde 2011, no Porto de Lisboa.

Tendo o ano de 2011 como referência, com 92 abastecimentos, assistimos a um crescimento de 20% para 2014, ano com 113 abastecimentos, de 30% de 2014 para 2016, ano em que foram realizados 162 abastecimentos e de 38% de 2016 para 2018, com 262 abastecimentos realizados no Porto de Lisboa.

Entre janeiro e agosto de 2019 foram já efetuados 194 abastecimentos, prometendo assim terminar este ano superando os valores de 2018.

Os três navios, de tipologia distinta (carga geral multi deck, navio tanque e navio graneleiro, respetivamente), abasteceram no Porto de Lisboa e continuaram a sua viagem para o porto de Gibraltar, em Espanha (Maria, Hercules 500) e para o porto de Tampa, nos EUA (Angelina The Great N).