Quantcast
Portos

Porto de Lisboa lidera carga agroalimentar

O Porto de Lisboa liderou nacionalmente no segmento da carga agroalimentar em 2020. O Porto de Lisboa registou um total de 4 656 555 toneladas (3 496 261 em descarga e 1 169 294 em carga) na movimentação de Granéis Sólidos, revela a entidade, em comunicado.

“Durante a Pandemia, este desempenho na movimentação de granéis sólidos, com impacto decisivo no abastecimento alimentar dos portugueses, revela a importância estratégica do Porto de Lisboa e a sua liderança no panorama dos portos nacionais no setor agroalimentar”, afirma Lídia Sequeira, presidente do Porto de Lisboa.

Apesar da liderança, os Granéis Sólidos obtiveram uma quebra de 5% face a 2019. No entanto, algumas tipologias como a cevada, o malte e a soja cresceram significativamente, com esta última a atingir valores nunca atingidos nos últimos 10 anos, informa o Porto de Lisboa.

No caso concreto da soja, o tráfego à importação aumentou 10% face ao período homólogo de 2019, sendo o quinto melhor registo dos últimos 21 anos e o melhor da última década. A cevada aumentou 33%, na importação, e o malte teve um incremente de 125%, na exportação.

A colza (+19%) e o clínquer (+22%) foram outros dos produtos de Granéis Sólidos que registaram crescimentos face a 2019.