Portos

Porto de Setúbal chega a acordo para aumentar número de trabalhadores efetivos

Porto de Setúbal vai integrar 56 trabalhadores nos quadros

“Já existe acordo” entre o Governo, o sindicato e as empresas que operam no Porto de Setúbal. As palavras são da ministra do Mar, que este domingo revelou que ficou acordado um aumento do número de trabalhadores efetivos daquela infraestrutura portuária.

Em entrevista à Antena 1/Jornal de Negócios, Ana Paula Vitorino afirmou que considera “excessivo e incompreensível” o número de trabalhadores eventuais no porto de Setúbal, explicando que já houve acordo para aumentar o número de trabalhadores efetivos.

“Aquilo que se passa a nível nacional, que é muito semelhante aos indicadores que existem a nível internacional, é que existem dois terços de efetivos e um terço de trabalhadores eventuais para fazer face aos picos. No entanto, em Setúbal existe uma situação que é ao contrário, em vez de haver dois terços de efetivos existem dois terços de trabalhadores eventuais, o que é de facto excessivo e incompreensível”, referiu a ministra do Mar.

O Porto de Setúbal está parado há cerca de um mês devido à greve dos estivadores, que têm estado em protesto contra a situação de precariedade que se vive naquela infraestrutura portuária.

Ana Paula Vitorino avançou ainda que a próxima reunião, para terminar o acordo, vai acontecer nos próximos dias.