Portos

Portos nacionais movimentam 15,5 milhões de toneladas nos primeiros dois meses do ano

Portos do Continente registam 29,8 milhões de toneladas até abril de 2019

Os portos do Continente movimentaram cerca de 15,3 milhões de toneladas de mercadorias em janeiro e fevereiro, um aumento de 4,3% face ao período homólogo.

De acordo com os dados avançados pela Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT), este aumento representa um acréscimo de 627 mil toneladas face a igual período de 2018, destacando-se os contributos dos portos de Sines, Leixões, Setúbal e Viana do Castelo na anulação das quebras registadas nos portos de Lisboa, Figueira da Foz, Aveiro e Faro.

A AMT diz ainda que este aumento na movimentação de carga se deve, sobretudo, às tipologias de carga Produtos Petrolíferos (+451 milhões de toneladas), Carga Contentorizada (+435 milhões de toneladas), Carvão (+174 milhões de toneladas) e Carga Fracionada (+121 milhões de toneladas).

Nos primeiros dois meses do ano, Setúbal e Leixões registaram a melhor marca de sempre no segmento dos Contentores, com um aumento de 10% em termos de desempenho global, com 495 814 TEU. O porto de Sines registou um aumento de 14,1% face ao período homólogo, com um volume de 291 961 TEU, inversamente a Lisboa e Figueira da Foz, que registam quebras de -11,2% e -12,3%, respetivamente.