Quantcast
Transportes

Projeto de blockchain para indústria automóvel conta agora com Simoldes

O grupo industrial português Simoldes juntou-se ao projeto Xceed, que pretende criar um blockchain para a indústria automóvel.

O grupo industrial português Simoldes juntou-se ao projeto Xceed, que pretende criar um blockchain (base de dados descentralizada) para a indústria automóvel. Em comunicado, a que o portal Dinheiro Vivo teve acesso, a fabricante revela que o projeto pretende ser uma solução partilhada para rastrear milhares de peças para automóveis praticamente em tempo real.

“Quando percebemos que este projeto poderia contribuir para a excelência operacional ao proporcionar simplicidade, velocidade, transparência e cumprimento das regras, envolvendo todos os elementos da cadeia de valor, decidimos participar neste projeto”, afirmou o administrador da Simoldes, Jaime Sá, citado em comunicado.

A tecnologia blockchain está a ser desenvolvida pela IBM. O consórcio Xceed conta com o grupo automóvel Renault, a empresa de componentes Faurecia e ainda a Knauf Industries e os turcos da Coşkunöz. Este consórcio nasceu em 2019 mas só agora foi apresentado ao mercado, depois de testes bem sucedidos em fábricas de membros do consórcio em Espanha, França e Turquia.

Apesar de a base de dados ser partilhada, o consórcio afirma estar garantida a confidencialidade da informação, a propriedade intelectual e dos dados. Também afirmam que respondem às novas regras regulatórias na União Europeia.