Transportes

Reta cresce 25% em 2015

A Reta terminou o ano de 2015 com um crescimento na faturação na ordem dos 25%. De acordo com a empresa, no ano que passou, a Reta cresceu em todas as suas áreas de negócio.

Numa nota enviada às redações, a empresa explica que no primeiro semestre de 2015, as vendas de veículos usados cresceram 30% e as vendas de semirreboques novos registaram um incremento de 60%. “Estes valores revelaram-se num aumento total de 50% das vendas de semirreboques novos e de 25% da comercialização de semirreboques usados”, segundo a companhia.

No sector do aluguer de semirreboques e tratores, o crescimento foi de 20% face a 2014, “graças ao crescimento de cerca de 50% na frota de semirreboques. A empresa atingiu um marco histórico com o 100º trator alugado”, indica.

2015 foi ainda marcado pelo alargamento da oferta da empresa, com novas secções e serviços de oficinas, assim como com um reforço das equipas operacionais.

“Em 2015, a Reta, lançou um serviço de atendimento expresso, no Centro de Assistência do Carregado, dedicado a serviços rápidos com o objetivo de otimizar os processos diários, aumentando a produtividade e rentabilizando recursos que agregam valor para os clientes”, explica Paulo Caires, Diretor de Marketing da Reta.

De acordo com Paulo Caires, “a Reta teve de adaptar-se à conjuntura do país, contudo os resultados vêm demonstrar a nossa capacidade de adaptação às necessidades do mercado e à nossa capacidade de superação. O balanço do ano de 2015 é positivo.”