Transportes

SNMMP apresenta novo pré-aviso de greve para setembro

SNMMP apresenta novo pré-aviso de greve para setembro

Depois do falhanço de ontem (terça-feira) nas negociações entre Sindicato Nacional dos Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) e a Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (ANTRAM), mediadas pelo Governo, mais concretamente, pelo ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, o presidente do SNMMP, Francisco São Bento, anunciou, em conferência de imprensa, esta quarta-feira, 21 de agosto, que os motoristas entregaram um pré-aviso de greve para os dias 7 a 22 de setembro.

A medida foi hoje anunciada por Francisco São Bento em resposta “à intransigência da ANTRAM em não aceitar” os “princípios básicos e legais” que os motoristas consideram essenciais “como ponto de partida para a mediação negocial”.

Numa conferência de imprensa realizada hoje em Aveiras da Cima, o presidente SNMMP garantiu que “os trabalhadores não trabalharão de graça, nem existirão pagamentos por baixo da mesa, não tributados”.

Entre os argumentos para a convocação da greve “cirúrgica”, abrangendo as horas extraordinárias, fins de semana e feriados, Francisco São Bento sublinhou a exigência do pagamento “das horas extraordinárias acima das nove horas e meia de trabalho diário” e de que as mesmas “sejam pagas de acordo com o que se encontra tipificado na lei”.

Os motoristas de matérias pesadas exigem ainda “um aumento do subsídio não inferior a 50 euros”, para pôr fim à greve ao trabalho suplementar.

De fora não estão outras formas de luta, tendo o presidente do SNMMP afirmado, no final da conferência de imprensa, ter ficado mandatado pelos associados, no plenário realizado no domingo, para encetar “outras formas de luta” que só serão divulgadas posteriormente.