Quantcast
Transportes

Stellantis leva tecnologia de mobilidade do futuro à CES 2022

A Stellantis anunciou que irá estar este ano presente em Las Vegas, entre os dias 5 e 8 de janeiro de 2022, na que será a edição de 2022 da que é considera o maior certamente de tecnologia a nível mundial.

Segundo o explicado, a ideia é permitir aos visitantes um vislumbre sobre os veículos-chave e as tecnologias de vanguarda da gama global da Stellantis, pontos de passagem tangíveis no trajeto da Stellantis para reimaginar e transformar o futuro da mobilidade para as próximas gerações.

 

Os veículos são uma parte integral da vida digital das pessoas e o futuro da mobilidade é alimentado pela tecnologia“, afirmou Carlos Tavares, CEO da Stellantis. “A eletrificação, com os nossos 30 modelos eletrificados já disponíveis – incluindo furgões equipados com pilhas de combustível – a conectividade e a autonomia são elementos importantes desse futuro, mas nenhum deles pode estar isolado. A nossa criatividade, engenharia e parcerias inovadoras estão a acelerar o nosso esforço para construir a melhor e mais sustentável mobilidade para os nossos clientes“.

Para acompanhar estas apresentações, o visitantes poderão aceder remotamente ao stand da marca, onde poderão ficar a conhecer, entre outros destaques:

  • Chrysler Airflow: A Chrysler estreia o Airflow Concept, que lidera a transformação da marca para uma mobilidade limpa e com experiências de utilização sem fios e perfeitamente conectadas.
  • Citroën Skate Mobility Concept: Um robô de transporte autónomo e elétrico que se desloca pelas cidades, emparelhado com Pods, oferecendo uma mobilidade urbana fluida, partilhada e inventiva.
  • Citroën AMI: O veículo elétrico urbano ultracompacto, de dois lugares. Em Portugal pode ser conduzido por maiores de 16 anos, com licença de condução AM, com ofertas à la carte, visando utilizações específicas, uma viagem totalmente conectada, comercialização integralmente online, métodos de distribuição inovadores e um tempo de carregamento de três horas.
  • DS E-Tense FE21: Duas vezes campeão no Campeonato ABB FIA de Fórmula E, o monolugar de 900 kg (peso com condutor) utiliza um sistema elétrico de 900 Volts que inclui uma bateria de 52 kWh, alimentando um motor elétrico com 338 cavalos de potência. A construção leve, combinada com o binário elétrico, permite-lhe acelerar dos 0 aos 100 km/h em cerca de 2,8 segundos.
  • Novo 500 da FIAT: O Novo 500 é o topo de gama da FIAT e espelha o conceito New Dolcevita, a relevância social e a sustentabilidade. O novo e emblemático pequeno elétrico é o mais popular dos FIAT e o epítome do automóvel italiano: bonito, com um design clássico, uma obra de arte e uma inspiração. O Novo 500 é um veículo conectado, tem uma autonomia em ciclo combinado até 320 quilómetros, suporta carregamento rápido de 85 kW e é o primeiro automóvel citadino equipado com tecnologia de condução autónoma de nível 2. O Novo 500 é o elétrico mais vendido entre toda a oferta da empresa.
  • Wagoneer e Grand Wagoneer: Renasce um ícone americano premium como novo padrão de sofisticação, autenticidade e mobilidade. A extensão premium da marca Jeep® oferece uma lendária capacidade 4×4, requinte na estrada e um design que exprime artesanato e património americano, oferecendo uma série de funcionalidades tecnológicas de ponta, tais como a exclusiva Fire TV incorporada e uma inédita experiência com ecrã dedicado para o passageiro da frente.
  • Jeep Wrangler 4xe: O Wrangler mais competente, tecnicamente mais avançado e amigo do ambiente de sempre. Disponível na Europa, China e Estados Unidos, o propulsor 4xe híbrido plug-in do Wrangler é capaz de lhe proporcionar até 50 quilómetros de propulsão quase silenciosa, com zero emissões, puramente elétrica, em ciclo urbano.
  • Jeep Grand Cherokee 4xe: O primeiro Grand Cherokee a oferecer uma variante eletrificada, híbrida plug-in. A sua introdução assinala a continuação da visão global da marca de alcançar a chamada “Zero Emission Freedom”, uma liberdade de utilização sem emissões, propondo um veículo Jeep totalmente elétrico em cada segmento SUV até 2025. O Grand Cherokee 4xe tem como objetivo uma autonomia elétrica estimada de 40 quilómetros e uma eficiência de combustível de 4,1 l/100 km, dispondo de uma potência de 381 cv e 637 Nm de binário, estando igualmente equipado com o premiado sistema Uconnect 5, que oferece uma nova tecnologia no Jeep Grand Cherokee de 2022, incluindo um ecrã de 10,1 polegadas (25,7 cm), uma velocidade de funcionamento cinco vezes mais rápida (quando comparada com a geração anterior), bem como atualizações over-the-air (OTA).
 

Relembre-se que, em julho, a Stellantis anunciou investimentos superiores a 30 mil milhões de euros em eletrificação e software até 2025, a fim de executar a sua ambiciosa transformação.