Mobilidade

Trotinetes elétricas já circulam por Lisboa

Trotinetes elétricas já circulam por Lisboa

A Lime, empresa de veículos partilhados que conta com investimento da Uber e da Google, trouxe as suas trotinetes elétricas para Lisboa. A empresa está em fase de testes na capital e pretende colocar entre 200 a 400 trotinetes a circular.

O serviço de partilha de trotinetes elétricas contará com supervisão da Câmara Municipal de Lisboa que ajudará a definir as zonas onde não se poderá deixar as trotinetes, assim como os hotspots.

Em entrevista ao Dinheiro Vivo, os responsáveis pela vinda da Lime para Portugal, explicam que as trotinetes elétricas poderão ser desbloqueadas através do smartphone. “O utilizador que já tenha conta, só tem de procurar na app a Lime-S (o modelo da trotinete) mais próxima; ao chegar a ela faz a reserva com leitura de código QR e pode seguir viagem. Paga-se um euro pelo serviço inicial e 15 cêntimos por minutos no tempo seguinte. Para fechar a reserva será necessário tirar uma foto à Lime no ambiente em que está”, explicam os responsáveis.

A Lime contará ainda com um serviço de juicers que servirá para recolher e carregar as baterias das trotinetes e que permitirá a quem quiser inscrever-se, recolher as trotinetes e carregá-las na sua própria casa e depois devolvê-la de manhã num dos 90 hotspots que estarão espalhados por Lisboa.