Transportes

UPS lança serviço logístico para entregas médicas com drones

UPS lança serviço logístico para entregas médicas com drones

A UPS acaba de lançar um serviço logístico para entregar amostras médicas por drones não tripulados, numa colaboração com a Matternet, empresa tecnológicas de drones autónomos. O novo serviço regular de entrega por drones está a ser realizado no campus da Wakemed, um complexo hospitalar na área metropolitana de Raleigh (Carolina do Norte), com supervisão da Administração Federal de Aviação (FAA) e do Departamento de Transporte da Carolina do Norte (NCDOT). O lançamento marca o começo de inúmeros voos diários com a receita a reverter para o campus da WakeMed.

“O programa da UPS e Matternet representa um marco importante para a aviação não tripulada nos EUA”, salienta a UPS, em comunicado. Atualmente, a maioria das amostras e espécimes médicos da Wakemed é transportada por veículos de pequenas remessas. Com o acréscimo do transporte por drones, há a opção para entrega no mesmo dia, com a possibilidade de evitar os atrasos nas estradas, aumentar a eficiência da entrega, reduzir custos e melhorar a experiência do paciente com o potencial benefício de salvar vidas.

O NCDOT, que trabalha para expandir o acesso à saúde para os pacientes da Carolina do Norte com o uso de drones, apoiou a Matternet na realização dos primeiros testes dos equipamentos da empresa no campus da WakeMed, em agosto de 2018, como parte do Programa Piloto de Integração de Sistemas de Aeronaves Não Tripuladas (IPP) da FAA.

O programa de três anos pretende testar aplicações práticas de drones por meio de parcerias entre governos locais e empresas do setor privado com o objetivo de entender ainda mais como esta tecnologia emergente pode ser integrada de forma segura e útil nas atividades do dia-a-dia.

O programa utiliza o quadcopter M2 da Matternet, que é alimentado por uma bateria recarregável de íons de lítio e pode transportar cargas úteis de no máximo 2 quilos em distâncias de até 20 quilómetros.

Durante o programa WakeMed, um médico acoplará uma embalagem com uma amostra ou produto médico – como sangue – ao drone numa das instalações da WakeMed. O drone voará numa trajetória predeterminada, monitorizada por um Piloto-em-Comando Remoto (RPIC), especialmente treinado, para uma plataforma de aterragem no principal hospital e laboratório central de patologia da WakeMed. Este será um programa contínuo na WakeMed, e a UPS e a Matternet usarão a experiência para verificar como os drones podem melhorar os serviços de transporte em outros hospitais e instalações médicas nos EUA.

O aperfeiçoamento da UPS Global Smart Logistics Network (Rede Global de Logística Inteligente da UPS) para atender hospitais e outras organizações de saúde continua a ser um elemento-chave da estratégia de transformação da empresa. A logística de Saúde e Ciências da Vida é um segmento prioritário para a UPS, e a empresa está a construir novas parcerias e tecnologias para oferecer melhor serviço ao paciente com a simplificação da logística e da cadeia de abastecimento.